Visita de Ahmadinejad divide especialistas

“A passagem do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, pelo Brasil tem gerado protestos por parte da sociedade civil que critica a intolerância sexual no país e a negação feita pelo líder iraniano da existência do Holocausto na 2ª Guerra Mundial, quando morreram 6 milhões de judeus vítimas do nazismo. Mas há também manifestações de apoio de grupos que veem no líder iraniado uma figura de oposição à política imperialista norte-americana.”

aqui

Go to TOP