Visitando Ariano

Por Woden Madruga

Gonzaga Rodrigues se juntou ao poeta Astier Basílio, ao jornalista Silvio Osias, editor do jornal A União, de João Pessoa, ao fotógrafo Gustavo Moura, e se foi no rumo do Poço da Panela, no Recife, para uma conversa com Ariano Suassuna. A entrevista, uma das mais longas (18 páginas) dadas por Ariano, foi publicado no número de outubro no Correio das Artes, suplemento cultural de A União, que é editado por Astier, transcrita do Jornal da Paraíba (edição do dia primeiro de agosto), onde se agasalha Gonzaga. O Correio das Artes circula há 60 anos e está entre os melhores cadernos culturais do país. Pena que não chegue às bancas de Natal.

Texto de Woden: aqui

A entrevista: aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Ítalo de Melo Ramalho 27 de dezembro de 2010 17:35

    Excepcional! O nobre Mestre silencia a comunidade dos estetas de araque. E pra quem fala em xenofobia com a intenção de dimunuir a discussão referente a beleza estética, a pedra angular da nossa literatura também gosta de blues. E dos bons.

    p.s.: O excelente violonista Leandro de Carvalho ao ser orientado por Ariano ficou espantado e saiu-se com essa: “conhece mais de música do que a maioria dos maestros.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo