Viva Dilma, a presidenta morreu!

Vocês viram a capa da Época? Manchete: A Saúde de Dilma; um eufemismo para A Morte de Dilma. Parece que o desespero da concorrência é maior que sua própria morte (vide àquela prescindível ‘Indispensável’). Dilma, de olhos bem fechados e a revista jurando que teve acesso aos seus prontuários. Será mesmo? Esses médicos e hospitais, então, deveriam ser processados por quebra de sigilo, falta de ética.

É fato, o privado (essa privada), vende mais que o público (esse abilolado das sabenças), mas matar a presidenta vende ainda mais. Até eu estou aqui a papagaiar essa falta de poesia…

Aqui

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo